Noticias em Geral

Orleans Araújo, chefe de gabinete de Wilker, morre de Covid-19 em Manaus

Após dez dias internado por causa do coronavírus (covid-19), morreu na manhã desta sexta-feira (05/01), no Hospital Samel, em Manaus, Orleans Murilo Arnaud Araújo, presidente municipal do Podemos. O falecimento foi confirmado pelas redes sociais. Ao ser internado, ele tinha 5% dos pulmões infectados pelo vírus. Porém, esse quadro se agravou rapidamente em menos de cinco dias.

Orleans era atualmente chefe de gabinete do deputado estadual Wilker Barreto (Podemos), parlamentar que ele acompanhava há 12 anos, desde a Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“Não há como descrever a saudade que já sinto deste homem inteligente, íntegro, dedicado, pai amável, amigo fiel, esposo zeloso, filho precioso.”, disse Wilker em suas redes sociais.

“Orleans caminhava comigo há 12 anos, e sempre acreditou na política como modo de mudar a vida das pessoas, de combater injustiças, para oferecer às pessoas dias melhores. Atualmente, me acompanhava na Aleam como assessor do gabinete da minoria. Sou grato eternamente por sua contribuição.”, afirmou Barreto.

Orleans deixa esposa e dois filhos. O sepultamento deve acontecer na tarde de hoje em Manaus.

Ao ser internado, ele tinha 5% dos pulmões infectados pelo vírus. Porém, esse quadro se agravou rapidamente em menos de cinco dias.

Murilo comandou as finanças de Barreto quando este presidiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM), de 2016 a 2018. Além disso, Murilo também fazia articulações políticas e cuidava do setor financeiro das campanhas eleitorais do deputado. Ele era uma figura muito conhecida e querida nos bastidores da política.