Politica

Joana Darc alerta sobre surto de esporotricose animal e cobra providências da Prefeitura

A deputada estadual Joana Darc (PL), foi à tribuna na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) ,alertar a população sobre o aumento nos casos de esporotricose animal que estão ocorrendo na cidade de Manaus. Em seu discurso, Joana destacou a importância de a população ter as informações corretas sobre a zoonose que acomete humanos e animais.

“É preciso que a população conheça a origem da doença, tenha as informações corretas. A esporotricose é uma zoonose que acomete principalmente a gatos que podem transmitir para humanos, mas eles não são os grandes vilões. A doença é originária de um fungo, que fica em solos úmidos, comumente se prolifera em entulhos, por isso os felinos são os mais suscetíveis, pois escavam a terra. Mas, é uma doença que possui tratamento tanto para humanos quanto para os animais. Esses animais não podem e nem devem ser abandonados, pois é crime e também contribui para proliferação da doença”, explicou a parlamentar.

Além de alertar a população, a deputada cobrou medidas de controle para a doença da Prefeitura de Manaus. “Mesmo a doença tendo tratamento é preciso que a Prefeitura de Manaus tome providências e crie ações para conter a proliferação da doença. O CCZ, dentro das suas limitações, está tentando fazer seu trabalho, porém a prefeitura ainda não manifestou. Vale ressaltar que essa é uma questão de saúde pública. E a prefeitura deve estar preparada para atender às pessoas e aos animais que precisam do atendimento, prestando o atendimento necessário para humanos e animais. E ainda a prefeitura deve providenciar um abrigo para que os animais de rua que estão em tratamento possam ficar alocados e sejam tratados pelos profissionais da medicina veterinária”, reforçou Joana.

A parlamentar informou ainda que a vida já tem quatro casos confirmados e 22 em suspeitas e que irá protocolar um Projeto de Lei que irá obrigar as clínicas e profissionais da medicina veterinária a Notificação Compulsória dos casos detectados de Esporotricose. Joana ressaltou ainda que, se necessário irá judicializar, a prefeitura dê a atenção necessária para esta situação. “Se as medidas necessárias não forem tomadas agora pela Prefeitura, daqui a alguns meses vamos estar com casos em toda cidade e também no estado todo”, enfatizou.