Cidade

Projeto social pede ajuda para não fechar as portas

Não é de hoje que sabemos que no período de gestação de uma mulher as emoções ficam mais afloradas. Grávidas precisam de mais atenção e o redobro de cuidados nesse período. Por isso, o Projeto Aconchego foi fundado em 2008 em Manaus, com o intuito de ajudar grávidas carentes da capital. O projeto recolhe doações, faz visitas as gravidas em residências e oferta atendimento psicológico, pediátrico, ginecológico e jurídico e informativo sobre gravidez.

O principal objetivo do projeto é sensibilizar a sociedade quanto ao elevado índice de mulheres grávidas necessitadas de ajuda, que foram abandonadas por seus companheiros , familiares e estão desempregadas. Mais de 1.500 mulheres já foram auxiliadas por meio do projeto. A idealizadora do “Aconchego Corrente de Solidariedade “, Elke Santana Aucar, conta que, em sua equipe, há sete amigos católicos, que assiduamente se dedicam ao voluntariado.  A responsável por atender cerca de 4 mil mães em situação de vulnerabilidade social, o projeto Aconchego Corrente de Solidariedade pede ajuda para angariar fundos para manter o trabalho realizado na instituição há 12 anos na cidade de Manaus.

O Projeto Aconchego está localizado na rua Ferreira Pena, Nº 366, Edifício Dr. Jorge Aucar, Sala 13, térreo, bairro Centro, Zona Sul Manaus. Sem fins lucrativos e não governamental, o projeto precisa de ajuda.

O lema é, vamos doar sem julgamento, usar empatia e solidariedade. Entre em contato com (92) 99333-6766 e peça para buscar a sua doações feitas em materiais para a formação dos kit recém nascido ou doe verba para compra dos itens do kit.

👉 Doações Bancária: Chave do Pix: CNPJ:37.647.512/001-54