Psicologia

Quando a mentira vira doença

A Mitomania é um distúrbio de personalidade onde o paciente possui uma tendência compulsiva pela mentira. Esta doença é também conhecida como mentira obssessivo-compulsiva, não é difícil encontrar entre vocês um mitômano, mas é imprescindível a avaliação de um profissional como o psiquiatra ou o psicólogo, pois a grandes diferenças do mentiroso “tradicional” para o mitômano, é que no primeiro caso o indivíduo não tem resistência em admitir a verdade, enquanto o portador da compulsão por mentir usa a mentira em proveito próprio ou em prejuízo de outro de forma imoral e insensível, sem sentir necessidade de desfazer o engano, insistindo ma mentira.

O mitômano é um indivíduo que mente compulsivamente. Algumas vezes são pequenas mentiras, enquanto que outras vezes são pitorescas, elaboradas detalhadamente, que induzem a todos a acreditar nelas. Eles se sentem tão seguros ao mentir que acreditam que não serão descobertos, usam a mentira de forma consciente para enganar e tirar vantagens, nunca admite suas mentiras embora tenha plena consciência de que são histórias imaginárias, e também não se constrange quando suas mentiras são descobertas.

O porque começaram a mentir, as causas da mitomania não são totalmente esclarecidas mas sabe-se que há inúmeros fatores psico-sociais envolvidos na questão. Acredita-se que a baixa auto-estima e a tentativa de se proteger de situações constrangedoras marquem o início da mitomania. Motivos esses que se enraízam quando adultos, formando assim suas crenças.

A boa notícia é que há tratamento para o mitômano, mas para isso acontecer ele tem que dar o primeiro passo, que é ter consciência da sua doença, lembrando que esse comportamento é patológico, se tornando um estilo de vida difícil de ser controlado. Durante o tratamento é importante a colaboração de amigos e familiares para levantar a auto-estima do indivíduo, oferecendo todo o amor e compreensão que ele precisa para vencer a doença, mas sem torna-lo dependente, deixem claro que estão ciente da doença e que estão ali para ajuda-lo a supera-la, mostrando que ele é capaz de alcançar seus objetivos, que a mentira não é a solução, pois além de afastar as pessoas, ele passa a ficar desacreditado, por pior que pareça a verdade é sempre a melhor escolha.

A mitomania tem cura e ela pode ser alcançada com a terapia, então se você conhece alguém que apresente esse perfil, oriente-o a procurar ajuda.

Crisângela Costa
CRP: 20/04941
982322524