Psicologia Saúde

Ansiedade, aceite-a para ficar bem

A ansiedade é uma emoção que impede o indivíduo de seguir em frente, é causada por diversas situações. Nossos processos mentais geram emoções, pensamentos e sentimentos que nem sempre interpretamos a nosso favor, surgindo aí as distorções cognitivas, pensamentos catastróficos evocados em nossa mente, baseados em medo e preocupação. Embora você pense que ao pensar demais pode está se protegendo de alguma forma, o que está realmente fazendo é criando uma fuga total do presente. Por conta desses pensamentos catastróficos gerados pelas suas crenças que é algo em que você acredita e que o limita de alguma forma, por exemplo: “Nunca vou aprender a dirigir porque sou muito nervosa”; “Nunca vou emagrecer porque não tenho disciplina para manter a dieta”… com esses pensamentos você vai protelando e deixando de viver novas experiências. Muitos ficam ansiosos por conta de uma viagem, de um encontro, de um evento, de uma apresentação, uma prova, uma entrevista, ou seja, situações, diversas! A ansiedade gera desconforto, mal estar e muito sofrimento, se não controlada torna-se uma doença que o impedirá de seguir em frente, podendo prejudica-lo em vários contextos de sua vida, impedindo-o de ter êxito nos estudos, na profissão e nas relações interpessoais. Cuide-se, não deixe que a ansiedade lhe imponha limites e interfira na sua vida. É possível ter uma vida saudável, aprenda a lidar com a sua ansiedade.
Segue algumas dicas para lidar com esse sentimento:
Tenha em mente que a ansiedade é uma reação normal.

Faça uso do ACALME-SE
ACEITE sua ansiedade, mesmo que lhe pareça absurdo no momento. Substitua seu medo, raiva e rejeição por aceitação e não lute contra as sensações. A resistência só irá prolongar e intensificar o desconforto. Entendeu?

CONTEMPLE as coisas ao redor e não fique apenas olhando para dentro de você. Aproveita o máximo sua viagem, sua família…Deixe seu corpo agir como ele quiser, sem julgamentos, e aprenda que, como observador, você evita “se transformar” em sua ansiedade.

AJA como se não estivesse ansioso, ou seja, desacelere. Não se desespere ou interrompa o que está fazendo para, supostamente, “fugir” da ansiedade.

LIBERE o ar de seus pulmões bem lentamente. Respire devagar, contando até cinco na inspiração e expire lentamente, identificando o ritmo ideal para sua respiração

MANTENHA os passos anteriores e repita cada um deles.

EXAMINE seus pensamentos, sem antecipar problemas que sequer podem vir a aparecer. Seja mais racional e verifique se há motivos reais para os medos e as preocupações.

SORRIA, pois você conseguiu, até este momento, seguir os passos e aceitar e controlar a ansiedade sozinho. Você agora saberá como lidar com os sentimentos ruins e estranhos.

ESPERE pelo futuro com aceitação, não sofra por antecedência.

Procurem um Psicólogo, ele o ajudará a aceitar e lidar com a ansiedade sempre que ela surgir.

Crisângela N. de Menezes Costa
CRP: 20/04941
☎ 982322524