Politica

Marcelo Serafim denuncia aumento do número de mortes nos hospitais públicos de Manaus

O vereador Marcelo Serafim (PSB) protocolou denúncia no Ministério Público Estadual,  na manhã desta terça-feira (24/9) para que seja apurada a elevação do número de óbitos nos hospitais públicos do Estado. Segundo o vereador, a desestruturação pela qual passa o estado tem causado enormes danos à rede assistencial de saúde pública do Amazonas. “Somos bombardeados por denúncias de todos os lados. Pacientes indo a óbito por erro na conexão de respiradores, pacientes que já foram a óbito sendo submetidos a punção venosa, paciente em óbito sendo encaminhado para UTIs, entre tantas outras aberrações que acontecem todos os dias nas unidades hospitalares.”

O tom duro adotado pelo vereador Marcelo Serafim é o mesmo adotado pelos profissionais de saúde que estão no dia a dia dos hospitais que observam à falência do sistema público de saúde em decorrência da precarização da mão de obra em detrimento a realização de concursos públicos. “Além disso, assistimos  empresas que não pagam seus funcionários, ora por atraso do governo, ora por má fé das empresas, o que leva a um enorme índice de absenteísmo sem a reposição contratual desses profissionais deixando plantões com déficit de até 70% na área de enfermagem gerando uma sobrecarga absurda onde um enfermeiro tem que cuidar de mais de 50 pacientes em hospitais de grande porte como o HPS João Lúcio e HPS 28 de agosto”.

Para Marcelo Serafim esse caos resulta em mortes e por isso ele foi ao MPE pedir a apuração do aumento no número médio de óbitos nas unidades hospitalares de urgência e emergência do Estado. “Existem indícios de um aumento considerável de óbitos nessas unidades hospitalares após as mudanças praticadas pelo estado. Sendo assim, apelamos hoje ao Ministério Público do Estado que solicite do Estado esses dados para que as investigações sejam feitas e os responsáveis possam ser punidos.”