Estado Politica

Marcelo Ramos é escolhido como presidente da Comissão da Reforma da Previdência

O deputado federal amazonense Marcelo Ramos (PR-AM) será o presidente da Comissão Especial que vai analisar a reforma da Previdência. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (25) pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que confirmou Samuel Moreira (PSDB-SP) como relator do texto que será votado pelo colegiado.

Marcelo Ramos é o único representante do Amazonas na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Na última terça-feira, ele votou sim para a admissibilidade constitucional da PEC 6/2019, proposta pelo governo Bolsonaro.  

 O colegiado, composto por 49 deputados titulares, vai analisar o mérito do texto elaborado pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, e será instalado ainda hoje.

“Espero que o relator consiga construir um sistema que tenha subrelatores, porque a demanda para ajudar é muito grande. E uma votação dessas é uma construção coletiva”, declarou Maia à revista “Veja”.

A Comissão tem de onze a quarenta sessões para apresentar e votar um relatório. O texto aprovado pela Comissão será levado ao plenário e votado pelos deputados. Nas dez primeiras sessões, os deputados podem apresentar emendas para modificação da proposta. Essas emendas serão analisadas pelo relator.

Após o texto ser aprovado pela Comissão, vai para o plenário, onde precisa do voto favorável de 3/5 dos parlamentares em segundo turno. Em seguida, o texto vai para o Senado, onde passa pela CCJ da casa e depois para  o plenário. Caso tenha alguma alteração no texto, a reforma volta para a Câmara e precisa passar por todo o processo novamente.