Politica

Cabo Maciel denuncia péssimas condições de trafegabilidade da Transamazônica

Como membro titular da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Cabo Maciel (PR) denunciou, na manhã desta segunda-feira (22), a precariedade em que se encontra a rodovia BR-230 (Transamazônica), nos trechos do km 23, próximo ao município de Lábrea (a 702 km de Manaus), e os atoleiros do km 80, próximo de Humaitá (a 590 km de Manaus).

O parlamentar formalizará um novo expediente ao superintendente regional do Departamento Nacional de Transportes e Infraestrutura (DNIT), Marcus Vinícius Melo Neto, pedindo providências para a rodovia Transamazônica. Há dois dias, passageiros- entre crianças, mulheres e até mesmo pessoas enfermas- estão sem água potável e alimentos, presas nos atoleiros clamando por ajuda do Poder Público.

De acordo com Cabo Maciel, a rodovia BR-230 possui 220 km de extensão no trecho entre Lábrea, que tem 16 km de asfalto, e mais 30 km de asfalto próximo de Humaitá, totalizando 46 km de asfalto. O restante, segundo ele, se transformou em verdadeiros atoleiros devido as pesadas chuvas que tem caído na região, impossibilitando o tráfego dos ônibus que fazem o transporte dos passageiros.

Texto: Assessoria do Deputado