Politica

Therezinha Ruiz apoia campanha de combate ao bullying nas escolas

A deputada Therezinha Ruiz (PSDB) participou, na manhã desta segunda-feira (8) do lançamento da campanha de combate ao bullying nas escolas, promovida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) no auditório do Instituto de Educação do Amazonas (IEA). Ao lado do secretário Luiz Castro, de professores, alunos e gestores, Therezinha Ruiz reafirmou apoio à campanha, destacando as leis de sua autoria no combate à prática do bullying no ambiente escolar.

Ex-aluna do IEA, e mais tarde professora por muitos anos da tradicional instituição de ensino de Manaus, a deputada Therezinha Ruiz ressaltou a emoção de rever professores contemporâneos e reafirmou o compromisso de defender a convivência saudável, de bom relacionamento e de tratamento fraterno entre alunos e professores.

“Venho tratando deste assunto desde 2007, quando surgiram os primeiros casos de bullying, e apresentei na Câmara Municipal a Lei 1.970/2015 de combate ao cyberbullying. Na Assembleia Legislativa garanti a aprovação da Lei Estadual 115/2009, que coíbe essa prática nas escolas da rede estadual de ensino”, assinalou.

Dirigindo-se aos alunos, Therezinha Ruiz disse que a escola é o espaço para se viver a melhor fase da vida, e que deve ser compartilhada com respeito, amizade e solidariedade. “Precisamos manter um clima de convivência sem agressividade, ofensas ou intolerância”, defendeu.

Mais psicólogos e assistentes sociais

O secretário Luiz Castro anunciou a criação de uma Coordenadoria Psicossocial, que atenderá as escolas do interior e da capital, orientando sobre as situações de bullying e mediando questões de discriminação. Castro afirmou que o governador Wilson Lima  já autorizou a contratação de psicólogos e de assistentes sociais para atuarem na coordenadoria.

Luiz Castro destacou as consequências danosas do bullying, como a depressão e o trauma que a vítima carrega, em alguns casos levando à morte. “Na educação, não discriminar, é fundamental. Precisamos aprender a respeitar a diversidade, as características físicas e emocionais de cada colega”, salientou.

Segundo o secretário, a escola precisa ser um ambiente de paz, de diálogo e de respeito recíproco entre alunos e professores, para que a educação seja um instrumento de transformação de vida.

A campanha “Bullying não é brincadeira; pratique o respeito na escola” será divulgada na capital e interior, com vinheta, cartazes e palestras nas escolas. Durante o lançamento da campanha, a escritora Ana Carolina Ruiz apresentou o livro de sua autoria “À flor da pele”, que aborda as consequências do bullying na vida dos alunos.

Texto: Assessoria da Deputada