Saúde

Terapia de Casal

O que é Terapia de Casal e como funciona?

Terapia de casal trata-se de uma modalidade clínica de atendimento cujo objetivo é promover melhor qualidade de vida para os membros do casal e, consequentemente, na dinâmica conjugal do casal. A Terapia de casal busca contribuir com a resolução dos conflitos e abre espaço para uma comunicação mais reflexiva e assertiva, compreendendo a expectativa de cada um e o que fazer para alinhá-las.

O psicólogo atua como papel de intermediador entre o casal, ampliando o diálogo e a visão de mundo de ambos, que muitas vezes, por encontrarem-se sob efeito de fortes emoções, perdem o controle e não conseguem tomar uma decisão e modificar antigos padrões que não trazem mais benefícios para a relação.

As sessões de terapia de casal ocorrem semanalmente e têm duração entre 50 minutos e uma hora. O formato dos encontros serão combinados de acordo com a necessidade de cada casal.

O que fazer se meu parceiro não quer participar da terapia de casal?

É comum que uma pessoa dentro do relacionamento queira fazer terapia de casal e a outra não. Os argumentos mais comuns são:

  • O(a) parceiro(a) está desconfortável com a ideia de fazer terapia e discutir assuntos íntimos com um estranho (no caso, o psicólogo);
  • O(a) parceiro(a) não quer mais permanecer no relacionamento e por isso não quer ir à terapia. Ele(a) não quer fingir em buscar uma melhora no relacionamento, já que na verdade não acredita mais na relação;
  • O(a) parceiro(a) não quer trabalhar o relacionamento mesmo que entenda que há problemas;
  • O(a) parceiro(a) acha que a outra pessoa é responsável pelos problemas da relação;
  • O(a) parceiro(a) não acredita que a terapia possa ajudar.

Por mais que se queira, não se pode forçar alguém a fazer terapia. O que pode ser feito então? A menos que o seu parceiro diga que não quer fazer terapia porque deseja terminar o relacionamento, minha orientação é que um dos parceiros faça a terapia individual. O ponto é o seguinte: se ocorrer mudança em um dos parceiros, mudará a dinâmica do relacionamento e o outro acaba tendo que reagir de alguma maneira.

Portanto, mesmo que você queira fazer terapia e seu parceiro não, fazer terapia individual ainda pode mudar a situação de seu relacionamento. Quando alguém vai à terapia por iniciativa própria, estará mais receptível a ouvir de forma bastante objetiva os pontos de vista a respeito de seu relacionamento. Pode também ganhar uma nova forma de enxergar o que realmente está acontecendo. Você poderá compreender de maneira mais clara a forma pelo qual os dois – cada um com sua particularidade – está contribuindo para a situação do relacionamento como um todo.