Polícia

Polícia Civil prende dupla investigada por cometer roubos em comunidades na zona rural de Manaus

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Aldeney Goes, titular da unidade policial, cumpriu no início da noite de quarta-feira (20/2), por volta das 18h, no prédio do 19° DIP, mandados de prisão preventiva por roubo majorado em nome de Yuri Vale de Lima, 21, e Luiz Fernando Sousa dos Santos, 19.


De acordo com a autoridade policial, a dupla é investigada pela prática de roubos em comunidades situadas na zona rural de Manaus. Goes relatou que eles chegaram até a dupla após policiais militares do Comando de Operações Especiais (COE) deflagrarem na última terça-feira (19/2), ação policial na Comunidade Nossa Senhora do Livramento, zona rural de Manaus, que culminou nas prisões em flagrante de três pessoas, dentre elas Sebastião Lima Nogueira, 27, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

“Os três presos em flagrante foram conduzidos ao 19° DIP, acompanhados de Yuri e Luiz, detidos, até então, em atitude suspeita. Durante depoimento, Sebastião informou que a arma encontrada com ele, um revólver calibre 22 com numeração suprimida, estava sendo mantida no local a pedido de Yuri e Luiz”, relatou Goes.

Conforme o titular do 19° DIP, os policiais civis lotados na unidade policial foram até a Comunidade Nossa Senhora do Livramento, onde localizaram um comerciante de 63 anos, que foi vítima de roubo tentado praticado por Yuri e Luiz. Goes disse que na última segunda-feira (18/2), o comerciante e a esposa estavam no estabelecimento comercial deles, quando a dupla chegou e, portando armas de fogo, anunciou o roubo. 

“No momento da ação criminosa, a esposa do comerciante se assustou e gritou muito, assustando os infratores, que acabaram empreendendo fuga. O revólver calibre 22 utilizado no dia do crime foi apreendido com Sebastião. Diante dos fatos, imediatamente representei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome de Yuri e Luiz. A ordem judicial foi expedida no dia 20 de fevereiro deste ano, pelo juiz Genesino Braga Neto, no Plantão Criminal”, relatou a autoridade policial.

Para concluir, Aldeney Goes enfatizou que as investigações em torno do caso irão continuar para averiguar a participação de Yuri e Luiz em outros roubos ocorridos em comunidades da zona rural de Manaus.

Indiciamento – Yuri e Luiz foram indiciados por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis no 19° DIP, a dupla será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.


Fonte: AI-PCAM / Foto: Divulgação