Politica

Josué Neto defende derrubada de veto ao PL sobre mês de imunização do HPV

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) derrubou, nesta quarta-feira (20), o veto do Governo a um Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre o mês de campanha de imunização obrigatória contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) nas escolas estaduais e municipais. A derrubada do veto foi defendida pelo presidente do Parlamento Estadual, deputado Josué Neto (PSD).

De acordo com o texto da Mensagem do Governo, o projeto que é de autoria do atual deputado federal Sidney Leite (PSD), foi vetado porque já existe lei que institui uma campanha relacionada ao tema no Estado.

Josué Neto usou a tribuna para defender a proposta, enfatizando que o que existe é uma campanha e o projeto do ex-deputado estadual definia um mês para intensificar a campanha.

“O projeto do ex-deputado Sidney não cria a campanha, só está dando um ‘plus’ e meu voto é contra o veto. Quero pedir aqui que levem em consideração que o Amazonas é infelizmente campeão brasileiro em índice de HPV e o que criaremos com esse projeto é um mês para que se tenha um maior foco nas campanhas nas escolas das municipais e estaduais, gerando uma maior conscientização”, pontuou.

Outros deputados também se manifestaram a favor da derrubada do veto, como a 2 ͣ vice-presidente da Aleam e  presidente da Comissão de Saúde, deputada estadual Dra. Mayara Pinheiro (PP), e o deputado Dermilson Chagas (PP). O projeto havia recebido parecer favorável da Comissão de Educação, sob a relatoria da deputada estadual Therezinha Ruiz (PSDB).