Politica

“O Projeto será detalhado e debatido nessa Casa”, diz Carlinhos Bessa sobre uso do FTI.

Com o objetivo de realizar um detalhamento técnico sobre a utilização dos recursos do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para custeio, investimento e pagamento de despesas de saúde, o deputado e líder do Governo, Carlinhos Bessa (PV) pediu a retirada da PL nº 31/2019 da pauta da Reunião Ordinária de quarta-feira (13).

O parlamentar defendeu o refinamento dos dados e a colaboração das secretarias de Fazenda e Saúde na elaboração da proposta. “Precisamos buscar informações técnicas para que a matéria seja debatida nessa Casa Legislativa. A participação das secretarias nesse processo é de fundamental importância”, disse.

Bessa defendeu o ‘voto consciente’ dos deputados e ressaltou o compromisso em buscar soluções para a saúde. “Entendo perfeitamente a preocupação dos colegas deputados, mas quero ressaltar que o Governo está abrindo um diálogo para solucionar os entraves na saúde. Existe a ação por parte do governador Wilson Lima (PSC), agora precisamos de apoio parlamentar”, destacou.

Para o deputado, a utilização de recursos do Fundo é fundamental para a equação da dívida e regularização dos contratos. “Com o detalhamento da proposta, poderemos debater e fundamentar a importância de utilizar um percentual dos recursos do FTI para suprir o rombo financeiro deixado. Ontem, trouxeram para o Plenário a informação de que havia R$ 400 milhões de sobra no orçamento do Estado, mas quem entrar no Portal da Transparência verá que o cenário não é esse. O Amazonas não possui”, enfatizou.

O deputado garantiu a volta da matéria para apreciação dos parlamentares após reunião com secretários de Governo. “Teremos uma reunião com o secretariado do Governo para que possamos detalhar o uso dos recursos do FTI por área. O projeto tramita em regime de urgência, e espero que volta a essa Casa ainda na próxima semana. Os deputados entenderão a importância de usar esses recursos bem como a utilização do mesmo”, concluiu.

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Carlinhos Bessa (PV)